2 minutes

DFP prevê crescimento de 3% no mercado de M&A na América Latina em 2018

No post anterior, fizemos um overview com os principais destaques da nova edição do Deal Flow Predictor. O estudo, que é divulgado periodicamente, trouxe previsões positivas para os primeiros meses do ano aqui na América Latina.

Thumbnail

No post anterior, fizemos um overview com os principais destaques da nova edição do Deal Flow Predictor. O estudo, que é divulgado periodicamente, trouxe previsões positivas para os primeiros meses do ano aqui na América Latina.

Dados recentes mostram que as atividades de M&A em estágio inicial no 3º trimestre do ano passado aumentaram em 30% no comparativo anual. Por isso é possível prever um aumento de 3% na quantidade de deals anunciados na América Latina para o primeiro trimestre de 2018.

E não para por aí: o relatório World Economic Outlook8 do Fundo Monetário Internacional mostra que a atividade econômica dos países latino-americanos se recuperou no ano passado, devendo aumentar de forma constante pelos próximos dois anos.

A maré boa deverá ser impulsionada pelo aumento de consumo no Brasil e na Colômbia, pelas reformas econômicas e monetárias na Argentina e também pela liberalização do setor energético no México. Os setores de Saúde, Tecnologia, Mídia e Telecomunicações (TMT) e Serviços financeiros serão destaque nos anúncios de deals de M&A LATAM nos próximos seis meses.

O Laboratório São Marcos, de Minas Gerais, desponta para se firmar entre os cinco maiores grupos especializados em exames de imagens e análises clínicas do Brasil até 2021. A clínica já começou 2018 fechando a aquisição da clínica Martins & Godoy, também de Minas. Desde o ano passado, o segmento movimentou cerca de R$ 4 bilhões nas transições de M&A.

 

Claudio Yamashita

Stay IN the know

Sign up for our newsletter for must-read market analysis and thought leadership, delivered right to your inbox.