Seis grandes tendências a observar no mercado de M&A em 2014


24/03/2014

Seis grandes tendências a observar no mercado de M&A em 2014

Embora as incertezas permaneçam, o mercado de M&A em 2014 demonstra uma recuperação lenta, mas certa– dados do Relatório de DFI da Intralinks para o Quarto Semestre de 2013 revelam um aumento de 17% em comparação ao ano anterior na atividade global de M&A em estágio inicial.

O impulso para negociações em 2014 pode ser atribuído a indicadores positivos, como um retorno ao crescimento antecipado na zona do euro e uma maior estabilidade econômica global.

Ao longo dos últimos anos, temos observado algumas tendências novas que emergem em transações no mundo inteiro.  Aqui estão seis tendências do mercado de M&A a observar em 2014:

  • Adoção de Redes de Sourcing de Transações On-Line por Profissionais de M&A - Todos querem poupar tempo e, para tornar o processo de M&A mais eficiente, os negociadores estão adotando Redes de Mercado Privado On-Line (PMNs) e plataformas sociais de M&A para buscar negócios e oportunidades.  Redes de sourcing de transações como o Intralinks DealNexus™ representam o futuro de como os profissionais de M&A buscam negócios e localizando compradores e vendedores qualificados.
  • As empresas têm excesso de liquidez atualmente – Essas tendências de negociação se transferiram para o mundo das finanças corporativas também, deixando muitas dessas empresas com mais capital.   A maior parte dos indicadores da bolsa de valores publicou ganhos consideráveis em 2013, com o índice FTSE All-World apresentando aumento de 19%, o Índice S&P para os EUA revelando aumento de 26% e o Índice Nikkei, do Japão, mostrando aumento de 52%.  O mercado de títulos também está bastante dinâmico, com emissões de títulos de alta rentabilidade em 2013 alcançando novos patamares, enquanto as empresas tiravam vantagem das taxas de juros mais baixas e da caça dos investidores por rentabilidade.  Grande parte dessa capitação foi oportunista ou relacionado a aquisições, e as empresas muito provavelmente colocarão esse capital para trabalhar no curto prazo.
  • Entusiasmo do investidor por mercados emergentes – Uma das regiões globais que atraiu interesse significativo dos investidores foi a África, principalmente devido às suas tendências populacionais atraentes, como uma classe média em ascensão, uma população predominantemente jovem e alta taxa de fertilidade.  A África pode trazer grandes oportunidades para empresas que queiram vender bens e serviços para uma população cada vez mais próspera.   A Ásia também tem uma classe média crescente, mas ao contrário da África, conta com uma demografia menos atraente devido à população mais velha e à taxa de fertilidade mais baixa.  As economias da América Latina e África (com a exceção da Venezuela) demonstram rápido desenvolvimento.  No geral, as taxas de crescimento na atividade de M&A em estágio inicial no Oriente Médio e na África estão entre as mais altas que já vimos na EMEA.
  • O mercado de M&A está se tornando mais globalizado – O mercado de M&A está se tornando mais internacional, com um aumento nas transações transnacionais.  Até mesmo países que já tinham níveis um pouco baixos de M&A internacionais, como o Japão, se abrem cada vez mais.
  • Consolidação entre consultorias – Interessantemente, nos últimos cinco anos, tem sido observada uma consolidação entre as consultorias, cada vez mais pressionadas para fazer mais com menos recursos.  Elas tiveram de recorrer mais à tecnologia, como uma data room virtual, para tornarem o processo de M&A mais eficiente e fechar negócios com mais rapidez.
  • Busca de tecnologia de M&A por departamentos de desenvolvimento corporativo - Os departamentos de desenvolvimento corporativo das empresas engajadas ativamente em M&A utilizam cada vez mais ferramentas com tecnologia baseada em nuvem para a gestão de seu pipeline de oportunidades de negociações do comprador.  Essas ferramentas, como o Intralinks Deal Manager, fornecem um repositório seguro, de fácil acesso e que permite pesquisar todas as informações relacionadas ao negócio, com painéis que mostram a Business Intelligence sobre o status da transação e o andamento para os profissionais de negociação e direção/conselhos.


Todas essas tendências são muito positivas para a M&A.  De fato, em dezembro de 2013, a Intralinks conduziu um levantamento global com mais de 1.900 profissionais de M&A para entender sua percepção sobre o mercado de transações de M&A em 2014.   Os resultados do Global Sentiment Survey revelaram que mais de 64% dos profissionais de M&A estão otimistas com relação ao mercado em 2014, com mais de 67% relatando que esperam que suas empresas participem de mais transações de M&A em comparação ao período anterior de seis meses.

Este ponto de vista foi consistente em todas as regiões, reforçando a nossa convicção de que o mercado de M&A continuará melhorando em 2014.

Fique por dentro

Inscreva-se em nossa newsletter para receber análises de mercado e inspirações de liderança imperdíveis diretamente no seu e-mail. Esta newsletter será enviada em inglês.