Erros: Infelizes. Imprevisíveis. Imperdoáveis.

Atribuindo a permissão correta, uma solução de colaboração segura com gerenciamento de direitos de informação pode dar-lhe a capacidade de fazer isso da melhor forma possível. - Veja mais:


5/04/2016

Os dois primeiros são certamente verdadeiros, mas, no caso do terceiro, depende.

Infelizes.

Você envia um e-mail com uma piada a um amigo. Ele e você têm o mesmo chefe. Adivinhe quem acaba lendo o e-mail?  Não é o seu amigo!  Agora, aquela foto embaraçosa que você anexou para ''zoar'' com ele parece uma ideia muito infeliz e não melhorará em nada o seu relacionamento com seu chefe. O que ocorre é um período prolongado, com temores e pedidos de desculpas humilhantes e esfarrapados.

Imprevisíveis.

Você tem tratado com um comprador interessado na sua empresa há meses, trocando todo o tipo de documento, grandes e pequenos — informações financeiras, materiais de P&D e informações sobre ações relacionadas ao negócio. Está tudo bem, você conhece a empresa há séculos, seu relacionamento é sólido e é preciso fazer tudo rapidamente.

De repente, após enviar projetos e especificações do mais recente e melhor negócio que você já planejou, você fica sabendo que não haverá mais a fusão. E, depois do que você acabou de enviar, eles não precisam mesmo adquirir sua empresa de qualquer forma!

A consequência é um desastre interminável. O seu novo lançamento foi comprometido. O lançamento da empresa a quem você enviou um projeto ocorre e parece incrível – e muito semelhante ao que você tinha planejado (estranho, não é?)  As ações da sua empresa desabam, enquanto as da concorrente decolam, e a atitude do seu chefe não parece muito positiva. Você tem à sua frente uma situação imprevista, com consequências desastrosas.

Imperdoáveis.

Bem, se você teve culpa em qualquer das situações acima, já sabe que não há volta, que sua batata está assando, que você acabou e que o perdão não é algo com que você possa sonhar.

Entretanto, se você cometeu inadvertidamente algum desses pecados usando o Intralinks VIA® para compartilhar arquivos do MS Office ou em PDF, você pode não apenas se redimir, mas também se beneficiar da visão retrospectiva 20:20 e consertas as coisas. Com as permissões certas definidas já de início, o Intralinks VIA permite que você UNshare (desfaça o compartilhamento) de qualquer coisa enviada a qualquer pessoa, em qualquer lugar. Com (o Gerenciamento de Direitos de Informação (IRM), ao clicar em “revogar” você pode desabilitar o acesso a quaisquer arquivos que desejaria não ter enviado. Não importa se os destinatários salvaram o arquivo crítico, o copiaram para uma unidade USB, o gravaram em CD/DVD ou o enviaram por e-mail para outra conta em outro país, com as permissões certas em efeito, nada que eles tenham feito permitirá verem o que você compartilhou, após a revogação do acesso. O arquivo não pode ser aberto. Você está salvo. O desastre foi evitado. Sua reputação está íntegra. Mas, como você pode ver, você precisa pensar no compartilhamento de informações confidenciais pelo Intralinks VIA antes de realmente precisar usar este recurso capaz de salvar o seu futuro profissional.



Tony Temple

Tony Temple

Tony Temple has held a variety of creative director roles that have delivered award winning campaigns and honed his skills as a writer, art director and concept originator. Joining Sophos as Global Creative Director and Head of Brand on the client side led to his current post as Head of Brand Development and Creative Direction at Intralinks. Tony influences Intralinks as a whole implementing its brand around the world, in products, culture, marketing and many other areas.

Fique por dentro

Inscreva-se em nossa newsletter para receber análises de mercado e inspirações de liderança imperdíveis diretamente no seu e-mail. Esta newsletter será enviada em inglês.