Não Arrisque as suas Apostas com Práticas Inseguras de Compartilhamento

A acessibilidade dos dados tornou nossa vida mais fácil, mas ainda há espaço para melhorias, principalmente quando se trata de segurança, especialmente para os fundos de hedge.


27/05/2016

Por Kylie Horner e Aiko Suyemoto

A acessibilidade dos dados facilitou nossas vidas de várias formas, mas certamente há espaço para melhorias no que se refere à segurança, especialmente para os fundos hedge.

Anteriormente, os arquivos corporativos eram sempre armazenados no firewall da empresa, o que facilitava o controle pelo departamento de TI e permitia saber quem os acessava. Hoje em dia, com as crescentes demandas de transparência e novas exigências regulamentares referentes à divulgação de relatórios, os gestores de fundos precisam compartilhar mais informações com maior frequência com contrapartes externas, como entidades reguladoras e investidores. O problema é que muitos gestores ainda usam programas inseguros de e-mail para o envio e recebimento de arquivos confidenciais. Esta não é a melhor alternativa para proteger informações confidenciais — especialmente quando se tratam de informações sobre a estratégia do fundo.

Adoção de Práticas Avançadas de Segurança

As tecnologias atuais podem facilitar o atendimento pelos gestores às exigências regulamentares e de relatórios sobre investidores. Esses serviços de gerenciamento de documentos são significativamente mais seguros que a transmissão habitual por e-mail. A tecnologia de Gerenciamento de Direitos de Informação (IRM), por exemplo, permite que apenas pessoas autorizadas tenham acesso aos dados, e cancela o acesso no caso de um laptop cair em mãos erradas. A tecnologia de IRM gerencia os rastros de auditoria de documentos, incluindo quem acessou determinado documento, quando isso ocorreu, e quaisquer alterações feitas pela pessoa.

Fundos hedge grandes e pequenos podem beneficiar-se especialmente da tecnologia de IRM. Os gestores precisam encontrar o equilíbrio entre o compartilhamento de informações com seus investidores institucionais sem o risco de divulgarem informações confidenciais, para garantir que tais informações não caiam em mãos erradas.

Richard Anstey, Diretor de Tecnologia da Intralinks na região de EMEA (Europa, Oriente Médio e África) declarou à Hedgeweek: “O seu investidor de hoje pode não ser o investidor de amanhã. Portanto, os gestores precisam conseguir negar o acesso ao conteúdo que já foi baixado, e essa é uma arma poderosa, em virtude da natureza mutável do mercado.”

Relatórios Simples e em Conformidade para Investidores

O Intralinks Fundspace permite que os gestores de fundos hedge e de outros tipos de investimento definam estruturas de permissões e criem um ambiente seguro de colaboração com terceiros durante a due diligence. Com o uso da tecnologia de IRM, o gestor do fundo pode controlar totalmente o ciclo de vida do documento que contenha informações compartilhadas na plataforma, por exemplo, como ativar a destruição do deste em qualquer momento futuro.

Richard destaca a importância de avaliações periódicas de risco, já que estas indicam um sério nível de compliance para os investidores. Segundo ele, embora ainda não sejam obrigatórias, as avaliações de risco podem se tornar uma exigência para os fundos hedge. Em virtude da complexidade de certos regulamentos e das medidas de segurança dos dados, os gestores de fundos hedge enfrentam dificuldades para demonstrar sozinhos o nível necessário de compliance.

Ao selecionarem um fornecedor de serviços externo, os managers devem se lembrar de que estão de fato confiando a terceiros a proteção de suas informações mais confidenciais. Como as chaves de criptografia são mantidas na plataforma, as informações podem correr risco na eventualidade de uma violação. A Intralinks minimiza o risco, fornecendo a opção de ceder o controle das chaves de criptografia aos clientes. Anstey explica: “Embora os clientes obtenham todas as vantagens de operar dentro de um ambiente de SaaS, quando lhes passamos o controle das chaves de criptografia, estamos fornecendo, no sentido digital, a capacidade de retirar o cabo da tomada.”

Para atenuar o risco e maximizar os recursos, os fundos hedge podem obter benefícios com as tecnologias seguras disponíveis. Desse modo, os gestores e clientes terão a tranquilidade de que os fundos hedge conquistem a confiança do consumidor e operem com maior eficiência na precariedade das práticas de compartilhamento excessivo e violações de dados.



Kylie Horner

Kylie Horner

Kylie Horner é Associada em Estratégia e Marketing de Produtos dos mercados Intralinks. Ela é responsável por determinar a estratégia de lançamento para os mercados de capital de dívidas e negócios de investimentos alternativos. Antes de entrar para a Intralinks, Kylie trabalhou em marketing e comunicações na ACTIV Financial, uma firma de tecnologia de informações financeiras. Ela se formou pela Universidade do Colorado em Boulder com diploma de jornalismo e especialização em mídia global.

Fique por dentro

Inscreva-se em nossa newsletter para receber análises de mercado e inspirações de liderança imperdíveis diretamente no seu e-mail. Esta newsletter será enviada em inglês.