Otimismo e Cautela com a Economia Brasileira Marcam o 2º M&A Summit

Em março, economistas e especialistas no setor de M&A se reuniram no 2º M&A Summit, promovido pela Intralinks e WTC, para discutir perspectivas para o mercado de fusões e aquisições. Leia mais para ver os temas que foram destaques no evento.


29/03/2017

O otimismo com a retomada da economia brasileira, mas com uma certa cautela por parte dos investidores, foi o ponto comum nas análises apresentadas por economistas e especialistas de mercado durante o 2º M&A Summit, promovido pela Intralinks e o WTC no último dia 14, em São Paulo.

Fernando Honorato, economista-chefe do Bradesco, iniciou as palestras do evento e explicou que a economia global está passando por um processo de recuperação, que é demonstrado pelo crescimento de indicadores como volume de exportações globais. Para os que estão preocupados com o impacto do governo de Donald Trump, Honorato tranquilizou, “a eleição de Trump deve ter pouco efeito no Brasil”.

Flavio Aidar, diretor do banco Goldman Sachs, desenhou em sua apresentação um cenário levemente mais positivo para M&A em 2017, quando comparado com o ano anterior. De acordo com o executivo, investidores estrangeiros estarão mais presentes no país, embora o cenário ainda inspire cautela.

As particularidades para se realizar um M&A no Brasil foram discutidas por Wilson Rosa, diretor da Advent International. Nossa “tropicalidade” fica ainda mais evidente durante o processo de due diligence, que deve ser feito de forma detalhada, por conta do cenário fiscal e tributário do país.

O evento também contou com uma mesa redonda expondo casos de M&A considerando o buy side e sell side. Em ambos os casos, ficou evidente que o Brasil é peça importante no cenário global, por ser um país com muitas riquezas e aberto a negócios. Esse perfil atrai os investidores, especialmente os chineses, conforme explicou Pedro Seraphim, sócio do Tozzini Freire Advogados que assessorou a aquisição de ativos da Duke Energy Brasil pela China Three Gorges (CTG).

Se você não pôde comparecer ao evento mas ainda quer saber mais sobre como o mercado local e global de M&A irá se comportar nos próximos meses, não deixe de ler o relatório Deal Flow Predictor, produzido pela Intralinks, que fornece a perspectiva sobre o nível de atividade de due diligence de M&A ocorrendo durante um determinado período de tempo. Clique aqui para baixar o relatório completo.



Claudio Yamashita

Claudio Yamashita

Claudio Yamashita é Diretor da Intralinks Brasil, responsável por vendas e operações. Ele tem 15 anos de experiência em soluções de tecnologia e colaboração com empresas de software globais, como Oracle, Ericsson e Amdocs. 
Durante sua carreira, se concentrou em capacitar empresas com serviços e soluções de computação em nuvem para ajudar as organizações a melhorarem o fluxo de trabalho e a produtividade. 

Com experiência na região, o Sr. Yamashita está na Intralinks desde que a Sede Regional foi aberta em 2010 e lidera a equipe no Brasil desde 2012. 

Fique por dentro

Inscreva-se em nossa newsletter para receber análises de mercado e inspirações de liderança imperdíveis diretamente no seu e-mail. Esta newsletter será enviada em inglês.