Mercados de M&A bem-posicionados para o 1º trimestre de 2018, mas ameaças políticas e financeiras começam a aparecer

A mais nova edição do relatório trimestral Intralinks Deal Flow Predictor  já está disponível! Nossa análise mais recente oferece previsões comprovadas para atividades de M&A anunciadas para o 1º trimestre de 2018.


16 January 2018

A mais nova edição do relatório trimestral Intralinks Deal Flow Predictor  já está disponível! Nossa análise mais recente oferece previsões comprovadas para atividades de M&A anunciadas para o 1º trimestre de 2018.

No último trimestre, a atividade global de M&A em estágio inicial aumentou 5% no comparativo anual. Simultaneamente, os deals anunciados no terceiro trimestre de 2017 aumentaram 12% no comparativo anual. Nosso relatório prevê que o número de deals de M&A anunciados em todo o mundo no primeiro trimestre de 2018 deverá aumentar aproximadamente 2% em comparação ao primeiro trimestre de 2017, com uma possibilidade de aumento de até 6% no comparativo anual. Nossa análise mais recente reitera a previsão do último trimestre de que o número total de deals anunciados em todo o mundo para o ano fiscal de 2017 (AF2017) deverá ultrapassar 50.000, estabelecendo um novo recorde.

Baixe aqui sua edição do relatório:

 

 

 

 

  • Previsões de M&A globais e regionais para o 1º trimestre de 2018, incluindo mapas de aquecimento por atividade de setor
  • Um panorama global de oportunidades de M&A de buy-side e sell-side novas e acionáveis
  • Destaque especial sobre o GDPR e seu impacto nas transações de M&A
  • Uma entrevista com Noah Waisberg, CEO e Cofundador da Kira Systems, e Chris Perram, CEO da FileFacets, sobre inteligência artificial e aprendizado de máquina em M&A

Destaques e tendências para o 1º trimestre de 2018

Em todo o mundo, nos próximos seis meses, o crescimento mais significativo em anúncios de deals está previsto para vir dos setores de Saúde, Materiais e Imobiliário.

América Latina (LATAM): a atividade de M&A em estágio inicial registrou um aumento significativo de 30% no comparativo anual no terceiro trimestre de 2017. Contudo, o número de deals anunciados no terceiro trimestre de 2017 aumentou apenas 3% no comparativo anual, levando nosso modelo preditivo a prever um aumento tímido no anúncio de deals no primeiro trimestre de 2018 de aproximadamente 3% em comparação ao primeiro trimestre de 2017. A economia da América Latina se recuperou em 2017 e deverá aumentar de forma constante nos próximos dois anos. O crescimento mais significativo em anúncios de deals de M&A no primeiro trimestre de 2018 deverá vir dos setores de Saúde e Tecnologia, Mídia e Telecomunicações (TMT) no México, Peru e Brasil.

A combinação de uma aceleração gradual no crescimento econômico global, inflação baixa em economias desenvolvidas e emergentes, mercados de ativos dinâmicos e taxas de juros baixas continua a estimular os mercados de M&A. Embora os suportes econômicos e monetários pareçam fortes, ameaças políticas e financeiras ainda surgem. Nacionalismo econômico, protecionismo e restrições ao comércio global e a integração econômica entre países vizinhos representam ameaças reais e importantes para o crescimento contínuo. Com os mercados globais de ações atingindo altas recordes e quase nove anos desde a última grande baixa, uma correção que se transforme em uma venda mais séria pode ser uma ameaça para os mercados de M&A em 2018, e essa possibilidade não deve ser negligenciada.

Se você quer saber o futuro de M&A globais seis meses antes de todos, baixe sua edição do Intralinks Deal Flow Predictor aqui.

A edição deste trimestre também inclui um destaque especial sobre o GDPR e seu impacto nas transações de M&A e uma entrevista com dois pioneiros na aplicação de inteligência artificial e aprendizado de máquina em M&A.



Philip Whitchelo

Philip Whitchelo

Philip Whitchelo é Vice-Presidente de Estratégia e Marketing de Produtos na Intralinks.