Falta de comunicação emperra processo de integração pós deal

A fase de integração pós deal é considerada um dos momentos mais delicados em processos de fusões e aquisições. Isso porque transações desse tipo tendem a fazer mudanças estruturais e culturais no ambiente da empresa, o que pode gerar problemas.


1 February 2018

A fase de integração pós deal é considerada um dos momentos mais delicados em processos de fusões e aquisições. Isso porque transações desse tipo tendem a fazer mudanças estruturais e culturais no ambiente da empresa, o que pode gerar problemas.

Pesquisa realizada e apresentada pelos executivos da ATKearney, Claudio Gonçalves e Leandro Spadini, durante um evento realizado pela Intralinks, apontou que a falta de comunicação foi citada por 58% dos entrevistados como um dos maiores obstáculos encontrados durante as operações.

No levantamento, 47% das respostas também citaram as sinergias pouco realistas e as falhas na construção de um novo organograma. Os especialistas apresentaram algumas práticas que podem facilitar o processo.

DEFINIÇÃO DE METAS

A definição de metas é um desafio estratégico e precisa ser iniciado a partir do momento em que a empresa já tem um acordo pré-estabelecido. Um passo muito importante é a definição dos objetivos e onde se quer chegar com este plano.

SINERGIA DE CUSTO

A maioria das sinergias de custo está concentrada em atividades de compras, operações e despesas administrativas. Mas isso pode depender de outros fatores, tais como: histórico da empresa, desenho operacional, base de clientes e similaridade entre as companhias.

COMUNICAÇÃO EFETIVA

O desafio tem a ver com liderança, mas o RH tem papel fundamental durante o processo e em algumas atividades menos rotineiras, trabalhando em três grandes áreas: compensação e transição, gestão da mudança, treinamento e desenvolvimento.

Além desses pontos, o estudo ainda mostra que um processo de integração eficiente deve seguir um conjunto de princípios e diretrizes, que devem priorizar o foco no cliente, a velocidade na entrega, sinalização de problemas, comunicação transparente, definição de liderança e alinhamento de metas.



Claudio Yamashita

Claudio Yamashita

Diretor da Intralinks Brasil

Claudio Yamashita é Diretor da Intralinks Brasil, responsável por vendas e operações. Ele tem 15 anos de experiência em soluções de tecnologia e colaboração com empresas de software globais, como Oracle, Ericsson e Amdocs. 
Durante sua carreira, se concentrou em capacitar empresas com serviços e soluções de computação em nuvem para ajudar as organizações a melhorarem o fluxo de trabalho e a produtividade. 

Com experiência na região, o Sr. Yamashita está na Intralinks desde que a Sede Regional foi aberta em 2010 e lidera a equipe no Brasil desde 2012.