5 resoluções de ano novo para a segurança da sua empresa

Nas organizações, o início de um novo ano é momento de planejamento e definição de metas de negócios. Mas, se você pudesse fazer uma lista de resoluções de ano novo para a sua empresa, quais seriam suas prioridades?


16/01/2017

A mudança de ano faz com que as pessoas pensem em resoluções e objetivos que gostariam de atingir. Nas organizações, a época é de planejamento e definição de metas de negócios. Mas, se você pudesse fazer uma lista de resoluções de ano novo para a sua empresa, quais seriam elas?

Violações de dados são um dos principais problemas que afetam a imagem de uma marca, junto com mau atendimento ao cliente e acidentes ambientais. E no cenário tecnológico atual, no qual as empresas dependem cada vez mais de dados para tomar decisões estratégicas, coletar, utilizar e compartilhar informações privadas são atividades que devem ser feitas com responsabilidade e minimizando riscos.

Em 2017, comprometa-se com a reputação e a continuidade de seus negócios, investindo em governança da informação.  Examine atentamente cada processo envolvido na coleta de dados - particularmente informações pessoais. Para isso, sugerimos essas cinco resoluções:

1 – Eduque seus colaboradores

Nem sempre um vazamento de dados será causado por um hacker.  Muitas vezes, informações confidenciais são compartilhadas por enganos simples, como enviar um e-mail para o destinatário errado. Ensine seus funcionários sobre a importância da segurança, privacidade de dados e conformidade, e informe-os sobre os possíveis problemas e riscos relacionados ao trabalho com dados.

2 – Faça uma análise profunda de riscos

É impossível prever e mitigar os riscos de privacidade de dados sem conhecer todas as tecnologias que sua organização utiliza. Certifique-se de que seu departamento de TI conhece em detalhes as ferramentas utilizadas, para efetivamente prevenir riscos.

3- Mantenha um registro dos seus dados

Empresas devem manter registros detalhados de toda a atividade de dados. Devem saber quando a informação é visualizada e com quem é compartilhada. Igualmente importante é a capacidade de rastrear a origem da informação, quem a enviou, quem tem acesso a ela e qual será seu destino se ela sair do firewall corporativo.

4 – Conheça seus deveres legais

Para ter políticas sólidas de governança da informação, você deve conhecer as jurisdições legais da sua operação e aprender com as melhores práticas do seu setor em coletar e processar quaisquer tipos de dados. Seu provedor de tecnologia também deve ser capaz de ajudá-lo na busca por conformidade.

5 – Avalie suas ferramentas de colaboração

Uma situação bastante comum em empresas é que os funcionários, com dificuldades de utilizar a ferramenta de compartilhamento de arquivos adotada pela empresa, passam distribuir dados confidenciais por sistemas vulneráveis. Para evitar que isso ocorra, escolha uma solução que seja fácil de usar e amigável aos diferentes perfis de usuários da organização.

Pronto para iniciar a jornada rumo à segurança da informação na sua companhia? Não deixe de conhecer a solução da Intralinks, utilizada por 99% das empresas listadas na Fortune 1000. Saiba mais clicando aqui.



Marcelo Fernandes

Marcelo Fernandes

Marcelo Fernandes é Diretor de Marketing para a Intralinks na América Latina. Marcelo Fernandes possui 20 anos de experiência professional em Marketing e Desenvolvimento de Negócios nas América Latina, trabalhando para empresas líderes em TI e Telecomunicações e como empreendedor, promovendo tecnologias como Cloud, Mobilidade, Big Data, Social. Sua graduação inclui INSEAD Business Value & Financial acumem, MBA Executivo pela BSP, Pós graduação em Markting e Engenharia Elétrica pela Unesp.

Fique por dentro

Inscreva-se em nossa newsletter para receber análises de mercado e inspirações de liderança imperdíveis diretamente no seu e-mail. Esta newsletter será enviada em inglês.